Posts do autor:

Sobre as escolhas que fazemos…

  Eu preciso falar de amor… Falar sobre as escolhas que fazemos. Eu nunca considerei que eu fosse uma pessoa que ganhasse bem, isso falando em valores. Me formei na área de comunicação, até fiz uma pós, realizei trabalhos que gostei muito e até me realizei bastante, mas confesso que nunca deixei que a carreira

Como não criar filhos “sobreviventes”

Comentário geral no país: o Brasil está em crise. Crise vem do grego, que significa crescimento. De alguma maneira, todos nós vamos florescer diante das dificuldades. O ser humano é resiliente e se acostuma e transmuta com muita facilidade conforme o ambiente que ele permeia. Por isso, penso sempre em como não criar filhos sobreviventes.

4 segredos de sucesso para os acordos com seus filhos

Estamos vivendo a era de mencionar a palavra EMPATIA, cujo significado é: a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo. Vou trazer hoje para vocês

Existe a escola infantil perfeita para nossos filhos?

Decidir a escola infantil perfeita para nossos filhos é como participar de uma maratona. Somos reais, com filhos reais e ainda possuímos necessidades específicas. Então começamos a visitar escolinhas e mais escolinhas. Nenhuma satisfaz completamente nossos desejos e anseios. E isto é completamente compreensível, o melhor lugar do mundo para um bebê é nos braços

7 passos para o desfralde

Só de escrever sobre este tema ou mesmo falar sobre ele meu coração começa a palpitar. É um campo delicado para os pais de primeira viagem, e um campo mais delicado ainda para as crianças que não fazem nem ideia de como proceder. Somos seus guias e sua inspiração para este processo e para muitos

A fase lúdica das crianças a nosso favor

Acredito que a infância é a fase lúdica das crianças. Nós mães muitas vezes precisamos “rebolar” para elaborar situações para que possamos chegar no lugar desejado. – “Filha, precisa tomar banho!” – “Nããããão!” – “Filhaaaaaaa, vamos dar banho no pato?” – “Siiiiim!!!!!!” Por essas e outras que eu aumento meu repertório de “lúdices” a cada

10 coisas que aprendi maternando e uso no mundo corporativo

É fato: quando decidi maternar por um tempo e entrei neste exercício diário, eu realmente nem imaginava o que esperar. O que foi bom, porque com tantos ônus e bônus, se eu soubesse dos detalhes talvez, como boa libriana, não tivesse conseguido me decidir. Fui aprendendo tantas coisas nestes últimos dois anos que resolvi fazer