Quais medicamentos eu posso tomar amamentando?

Arquivo Pessoal

Arquivo pessoal da Autora

Quais medicamentos eu posso tomar amamentando? Essa pergunta é costumeira… sempre que vejo mães dizendo que estão doentes e que “não podem tomar qualquer medicamento” ou ainda, médicos que não prescrevem medicamentos para mulheres que amamentam, eu fico pensando: como assim? Mãe não pode adoecer? E você deve estar pensando: eu amamento e fiquei doente. E agora?

Pois é, ainda há muitos casos em que mães são desencorajadas a continuar amamentando frente a um problema de saúde sob a desculpa de que não pode fazer uso de determinados medicamentos.

Com uma rápida busca pelo google comprovamos o contrário. Há uma grande quantidade de medicamentos – para não dizer a maioria – compatíveis com a amamentação.

No Brasil, a Fiocruz disponibiliza – gratuitamente- o manual “Amamentação e uso de medicamentos e outras substâncias“. Neste manual constam desde medicamentos até chás, cosméticos, bebidas etc. Além do manual, temos a opção de consultar o site espanhol E-lactancia que contém bastante informação sobre uso de medicamentos compatíveis com a amamentação!

O Manual da FIOCRUZ classifica as drogas em 3 categorias:

– Uso compatível com a amamentação – sob o símbolo de bolinha verde

– Uso criterioso durante a amamentação – sob o símbolo de bolinha amarela

– Uso contra-indicado durante a amamentação – sob o símbolo de bolinha vermelha

Nesta categoria, o manual diz: “Nesta categoria estão os medicamentos cujo uso no período da lactação depende da avaliação do risco/benefício. Quando utilizados, exigem monitorização clínica e/ou laboratorial do lactente, devendo ser utilizados durante o menor tempo e na menor dose possível.” – ou seja, mesmo com medicações contra-indicadas, ainda sugere-se avaliação junto ao profissional do risco/benefício e monitoramento. Não se indica a suspensão do aleitamento materno.

Sabemos que a amamentação traz inúmeros benefícios para o bebê e também para a mãe, no entanto, não estamos livres de adoecer e eventualmente fazer uso de algum medicamento.

Há um mês eu amanheci com uma forte dor de garganta e mal conseguia engolir água. Muito mal que estava, resolvi ir ao Pronto Atendimento visto não ter conseguido encaixe em nenhum médico. Durante o atendimento o médico me disse que a garganta estava inflamada, com placas – diagnóstico amigdalite – e prescreveu os medicamentos antibióticos após eu informá-lo de que sou lactante e ainda, que precisaria ficar boa logo pois tenho um filho de 2 anos para cuidar e ainda tinha que ir trabalhar! Saí de lá com a receita em mãos e, antes mesmo de passar na farmácia, fui conferir o Manual que está salvo em meu celular. A medicação via oral era compatível e a única injetável que ele prescreveu em dose única dizia: “Uso criterioso durante a amamentação. Evitar doses altas por tempo prolongado. Não há dados sobre transferência para o leite materno. Compatível apenas em dose única”.

Então, gostaria de compartilhar a minha experiência com a informação correta – pesquiso tudo no manual, até sobre cosméticos, tinta de cabelo etc. – e deixar a mensagem para as mães de que podemos sim nos cuidar, podemos sim tratar boa parte dos problemas de saúde e, ainda assim, continuar amamentando! Informação é o que temos de mais valioso tanto para a nossa saúde quanto para a saúde dos nossos filhos!

Converse com o médico, diga a ele que você tem a informação, mostre a ele o manual, repasse a outras mães, esta informação é nossa e pode nos ajudar e nos empoderar ainda mais em prol do aleitamento materno!

Informe-se!

Beijos com carinho,

Share Button